Bom dia, faça o seu login ou clique aqui para se cadastrar.
0 ITENS | TOTAL: R$ 0,00

Qual material específico de provas resolvidas e comentadas que você gostaria de encontrar em nossa loja:



[ Ver resultados ]

Votos: 7122
Comentários: 77
Escrever comentárioEscreva um comentário neste produto!

Mais comentários  
Boleto BancárioVISAMastercard

LÍNGUA PORTUGUESA - PROVAS RESOLVIDAS E COMENTADAS DE CONCURSOS PÚBLICOS (2010 - 2011) Nível Superior

  • Nº DE PÁGINAS:200; FORMATO DO PAPEL: A4; CAPA: COLORIDA; CONTEÚDO: PRETO E BRANCO; ACABAMENTO: BROCHURA.

R$ 89,00
em até 3x de R$ 29,67 sem juros
  • Indique este produto
  • Comentários
  • Boleto
  • Visa
  • Mastercard
  • Boleto BancárioBradescoR$ 89,00 à vista
  • 01x sem juros de R$ 89,00
    02x sem juros de R$ 44,50
    03x sem juros de R$ 29,67
    • 01x sem juros de R$ 89,00
      02x sem juros de R$ 44,50
      03x sem juros de R$ 29,67
        Mais informações sobre este produto
      Este material tem por objetivo servir de apoio para aqueles que prestam concursos públicos para cargos de nível superior. São 339 questões resolvidas e comentadas, todas referentes aos conhecimentos de língua portuguesa,  com o propósito de fazer com que o leitor entenda de forma clara e objetiva o assunto. Com questões envolvendo interpretação de textos, gramática e ortografia, a intenção é que através deste material, o leitor consiga aprofundar conceitos, entrar em contato com o que está sendo exigido e se preparar para as provas escolhidas.

      DADOS DA OBRA
      ELABORAÇÃO
      :  GICÉLI SANTOS DE CAMARGO; JANINY CAMARGO NATALIO; SISSI VALENTE PEREIRA. 
      COORDENAÇÃO E REVISÃO GERAL: PAULO BERZOTI FILHO.
      COLABORAÇÃO:  JULIANA CIOLA BELTRAMI; SARA JANE DOS SANTOS
      CAPA: GILSON CAMARGO

      PROVAS ESCOLHIDAS:
      PETROBRÁS (1) - Cesgranrio - 2010
      PETROBRÁS (2) - Cesgranrio - 2010
      DEPARTAMENTO NACIONAL DE OBRAS CONTRA AS SECAS -  FCC - 2010
      TRIBUNAL DE JUSTIÇA (SP) -  Vunesp - 2010
      POLÍCIA CIVIL (SC) - Acafe - 2010
      TRT-9 (PR) -  FCC - 2010
      TRT-24 (MS) - FCC - 2011
      TRE (RN) -  FCC - 2011
      MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO -  Cespe - 2010
      SECRETARIA EST. DE SAÚDE (ES) -  Cespe - 2011
      IBGE -  Cesgranrio - 2010
      FUNDAÇÃO CASA - Vunesp - 2011
      CIA. DE ÁGUAS E ESGOTOS (RN) - FGV -  2010
      INMETRO -  Cespe - 2010
      TRIBUNAL DE CONTAS DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO -  Pref. Rio de Janeiro - 2011
      ELETROBRÁS -  Cesgranrio - 2010
      SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR -  Cespe - 2011
      INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS -  Funcab - 2010
      PETROBRÁS -  Cesgranrio - 2011
      AGÊNCIA PERNAMBUCANA DE ÁGUAS E CLIMA - Covest - 2011

      Segue abaixo  exercícios para demonstração de como o material foi elaborado:

      Petrobrás - 2011

      5. Considere as frases abaixo.
      I – Há amigos de infância de quem nunca nos esquecemos.
      II – Deviam existir muitos funcionários despreparados; por isso, talvez, existissem discordâncias entre os elementos do grupo.
      Substituindo-se em I o verbo haver por existir e em II o verbo existir por haver, a sequência correta é:
      (A) existem, devia haver, houvesse.
      (B) existe, devia haver, houvessem.
      (C) existe, devia haver, houvesse.
      (D) existem, deviam haver, houvesse.
      (E) existe, deviam haver, houvessem.

      Resolução:
      I – O verbo haver, quando tem sentido de existir, é impessoal (oração sem sujeito) e fica invariável na 3ª pessoa do singular. Ao substituirmos o verbo haver pelo verbo existir a regra se extingue, pois o verbo existir deve concordar normalmente com o sujeito, que passa a existir: “Existem amigos de infância...” O que antes era o objeto direto do verbo haver (amigos de infância), agora é o sujeito do verbo existir.
      II – Na primeira ocorrência, o verbo existir está no infinitivo, pois faz parte de uma locução verbal, na qual somente o verbo auxiliar concorda com o sujeito “funcionários despreparados”. Na segunda ocorrência, o verbo existir concorda com o sujeito “discordâncias...” Com o verbo haver no lugar do verbo existir, as frases ficam sem sujeito. Na locução verbal, o verbo haver fica no infinitivo e o verbo auxiliar assume a sua conjugação, que é invariável na 3ª pessoa do singular: “Devia haver muitos funcionários...” No segundo caso, o verbo haver fica na 3ª pessoa do singular: “... talvez, houvesse discordâncias...”
      Resposta: Alternativa A.

      6. A concordância nominal está corretamente estabelecida em:
      (A) Perdi muito tempo comprando aquelas blusas verde-garrafas.
      (B) As milhares de fãs aguardavam ansiosamente a chegada do artista.
      (C) Comenta-se como certo a presença dele no congresso.
      (D) As mulheres, por si só, são indecisas nas escolhas.
      (E) Um assunto desses não deve ser discutido em público.
       
      Resolução:
      A – Incorreta – De acordo com as regras que regem o plural de palavras compostas, os adjetivos compostos referentes a cores são invariáveis quando o segundo elemento é um substantivo (azul-piscina, amarelo-ouro, etc). Portanto, o correto seria verde-garrafa, no singular: “... comprando aquelas blusas verde-garrafa.”
      B – Incorreta – O substantivo milhar é masculino, portanto o correto seria “Os milhares de fãs aguardavam...”
      C – Incorreta – Segundo a regra geral da concordância nominal, o artigo, o pronome, o adjetivo e o numeral devem concordar em gênero e número com o substantivo a que se referem. A palavra certo deve concordar no feminino com a palavra presença (substantivo a que se refere): “Comenta-se como certa a presença...”
      D – Incorreta – A palavra  quando significa sozinho(s) ou sozinha(s), deve concordar em número com o substantivo e quando tem sentido de apenas/somente é invariável: “As mulheres, por si sós (sozinhas), são indecisas...”
      E – Correta – A frase está correta quanto à concordância nominal.
      Resposta: Alternativa E.
       
      DOWNLOAD DE MAIS EXERCÍCIOS DEMONSTRATIVOS
      Dúvidas sobre este produto? Consulte-nos!

      Supera Editorial
      CNPJ 80.751.423/0001-82
      Rua Marechal Deodoro, 2137, Alto da XV - Curitiba/PR
      CEP: 80045-235
      tel (41) 3521.0295 - (41) 98729204
      e-mail: superaeditorial@gmail.com

       

      Copyright 2006-2014 © iShopping - Sistema de Loja Virtual
      www.iset.com.br